A Série “Bridgerton”

Image for post
Image for post

O drama romântico americano “Bridgerton”, original e lançada mundialmente pela plataforma de streaming Netflix na sexta-feira (25/12/2020), com 8 episódios de 57–72 minutos. A trama acompanha Daphne Bridgerton (vivida por Phoebe Dynevor), uma bela jovem aristocrata britânica que está na “idade de casar” e seu irmão mais velho, Anthony Bridgerton (vivido por Jonathan Bailey), tem a tarefa de peneirar o candidato a marido, logo que não tem mais o patriarca da família, arranja um aristocrata nojento, porém, ela se encanta por um amigo do irmão, o Duque Simon Basset (vivido por Regé-Jean Page), um solteirão convicto apesar de ter se encantado com ela também, mas terá, forçado pelas circunstâncias, de protegê-la do asqueroso candidato, mas guarda um segredo que pode dificultar a relação dos dois, paralelamente tem as histórias de outros personagens da sociedade e suas intrigas, além de uma rainha que se mete na vida particular dos súditos e uma cronista fofoqueira anônima que denuncia todos os segredos das pessoas endinheiradas, e as nem tanto, de Londres no século XIX. A série é maravilhosa, divertida, encantadora, romântica, instigante, emocionante, sexy, viciante, luxuosa, empática, tem boas atuações dos protagonistas, bom elenco, com boas atuações, boa direção de arte, bela fotografia, belo figurino, boa maquiagem e penteados, boa trilha sonora, boa montagem, belos cenários, bom ritmo e um bom roteiro, com bons diálogos, mulheres atrevidas numa sociedade machista, mostra os negros em posições de igualdade ou melhores em relação aos brancos, tradições e preconceitos impensáveis hoje em dia. Vale muito a pena maratonar e se deliciar com esta narrativa, e esperar com ansiedade a 2a temporada. Confira o trailer:

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store